Áreas

A PRODEPA

Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados do Estado do Pará, contém em seus Planos e  Projetos Institucionais, Programas e Ações voltadas às Melhores Práticas de Gestão; à Sustentabilidade do Meio Ambiente e à Responsabilidade Social.

Programa de Qualidade da Gestão

Em 21/11/2005  a Prodepa aderiu aos programas Federais e Estaduais de Melhoria da Qualidade da Gestão, tendo recebido menções honrosas destes programas ao longo destes anos e duas premiações na categoria bronze do PQG PA.

O Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GesPública - proporciona melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos e o aumento da competitividade do País, formulando e implementando medidas integradas em agenda de transformações da gestão, necessárias à promoção dos resultados preconizados no plano plurianual, à consolidação da administração pública profissional voltada ao interesse do cidadão e à aplicação de instrumentos e abordagens gerenciais.

 No nível estadual, a empresa participou do Programa de Qualidade na Gestão Pública do Estado do Pará - PQG PA, que pressupõe práticas de gestão pautadas em princípios constitucionais básicos da administração pública e de uma administração contemporânea, traduzidas em uma tecnologia de gestão que utilizam modelos de excelência adotados por organizações nacionais e internacionais, como forma de elevar seus desempenhos e competitividade.


Responsabilidade Social

Cidadão acessando internet livre no hotzone de Breves, na ilha do Marajó.

Desde 2007 a Prodepa é a executora do programa NAVEGAPARÁ , o primeiro programa de Inclusão Digital do país, promovendo a Inclusão Social do paraense. São mais de 90 municípios interligados à Rede de Comunicação de Dados do Estado do Pará, beneficiando acesso à Informação por meio de mais de 100 Acessos Gratuitos em Hotzones em locais públicos (HotZones) e em Pontos de Acesso Comunitários (Pacoms). Além de vários pontos municipais com acesso gratuito à Internet beneficiando a administração municipal para a melhoria do atendimento ao cidadão.

O acesso à informação é uma importante oportunidade de aprendizado, poder e interação, mas pode ser também fonte de desintegração, exclusão social e pobreza, quando esse acesso não se dá de forma uniforme. Segundo alguns autores a "marginalização informacional" é caracterizada pela divisão entre ricos e pobres de informação.

Além deste grande programa de inclusão digital e social, a Prodepa colabora com a reinserção de egressos do sistema penal por meio de contratos de trabalho com a Associação Pólo Produtivo Pará entidade privada sem fins lucrativos que gerencia a Fábrica Esperança. Gera trabalho e renda para portadores de necessidades especiais por meio do contrato com Associação Paraense das Pessoas com Deficiência - APPD. Mantêm parceria com o Movimento Emaús, para a doação de equipamentos de informática visando a qualificação profissional de jovens e adolescentes. Oportuniza a primeira experiência de trabalho para os jovens menores aprendizes por meio de contrato com a PROATIVA. Promove ações junto à Escola Ayrton Sena, buscando colaborar com a Educação Ambiental e buscando uma relação fraterna e solidária.


Sustentabilidade do Meio Ambiente

Espécie catalogada com QR Code na área verde da Prodepa.

Em pleno centro urbano, em Belém, ainda há trechos de florestas com espécies nativas da Amazônia. São áreas verdes que preservam espécies da fauna e flora amazônicas e que contam com a colaboração da população para se manter de pé diante do avanço da urbanização.

Em uma dessas áreas está instalada a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), com mais de 94 mil metros quadrados de mata nativa em seu entorno, com exemplares de ipês, jaqueiras, açaizeiros, andirobeiras e spécies frutíferas. Além disso, a empresa abriga animais como araras, gaviões, macacos e até mesmo uma família de jacarés foi encontrada no lago que existe no entorno.

A Prodepa cuida da preservação do meio ambiente desde a época da fundação da empresa, ocasião em que hove preocupação com o desmatado somente do necessário, preservando as espécies nobres e centenárias.

Atualmente, o lugar conta com 20 trilhas mapeadas e identificadas através de georreferenciamento, que recebem denominações relacionadas à fauna existente, como o "Refúgio dos Camaleões", o "Caminho das Cutias" e a "Galeria dos Papagaios". Todas formam um cenário perfeito para contato com a natureza. Ao longo de toda a área, as diferentes espécies de árvores foram catalogadas e com o uso da tecnologia dos QR Codes (uma espécie de código de barras em que se acessa informações através de aplicativos de celular) que estão anexados aos troncos das árvores, é possível conhecer o nome científico, denominação popular, altura, florada, entre outras informações, cadastradas no Sistema Florístico desenvolvido pela própria Empresa.

Iniciativas de conscientização ambiental e integração estão contidas no projeto de preservação do Meio Ambiente, que já conta com parceiros e vizinhos da área, como  a Seduc, o Batalhão da Polícia Ambiental, o Lacen, e a comunidade que reside e estuda no entorno, como a Escola Ayrton Sena.

Outras parcerias já se desenham para apoio ao Projeto, com a  Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), o Ideflor - Bio, o Museo Emílio Goeldi, CELPA (ECOCELPA).

A Prodepa promove eventos mensais para os funcionários proporcionando  a integração das pessoas com o meio ambiente, pelas campanhas internas de: Coleta de Lixo Seletivo,  3 R (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) , Compostagem Resíduos Orgânicos, Tratamento do Solo e Recursos Hídricos, Captação e Utilização de Águas Pluviais, Educação Ambiental.